sexta-feira, 16 de março de 2012

Sinais da falência do Estado de Direito democrático

Sinais da falência do Estado de Direito democrático



by O. Braga


"The Westminster Government’s official consultation on redefining marriage has been branded a “sham” which will ignore any opposition.

The consultation, which was launched this morning, asks the public if they “agree or disagree” with rewriting the definition of marriage.
However, it also makes clear that it is a matter of how not whether the contentious change will be introduced."

via Critics brand gay marriage consultation a ‘sham’
News
The Christian Institute.


A minha geração acreditou que a democracia significava algum respeito pelo povo, e por isso, respeito pela sua vontade. O que se passa hoje é que a o sistema político dito “democrático” entrou claramente em uma deriva totalitária, na medida em que a elite política deixou de ser sensível à vontade da maioria.


Este fenómeno de deriva totalitária do sistema democrático vira-se contra a própria democracia, na medida em que passam a ser justificadas e legitimadas todas as outras tendências políticas totalitárias. Ou seja, a um democrata já não é possível criticar racionalmente alguém que defenda um golpe-de-estado para estabelecimento de uma ditadura.

O. Braga
Sexta-feira, 16 Março 2012 at 8:35 am
Categorias: democracia directa, Democracia em perigo
URL: http://wp.me/p2jQx-aJv  

Divulgação: http://cultura-calvinista.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário