quarta-feira, 30 de maio de 2012

Novo Código Penal: uso de drogas não será crime (Diga não aos juristas petistas e socialistas depravados e imorais que estão trabalhando para institucionalizar Sodoma e Gomorra no Brasil)

Novo Código Penal: uso de drogas não será crime (Diga não aos juristas petistas e socialistas depravados e imorais que estão trabalhando para institucionalizar Sodoma e Gomorra no Brasil)
http://direito-penal.blogspot.com.br/2012/05/novo-codigo-penal-uso-de-drogas-nao.html

Lei da Palmada: a surra estatal nos pais e seus direitos


Lei da Palmada: a surra estatal nos pais e seus direitos

Apresse-se: a votação será quarta-feira, dia 30 de maio

Julio Severo
A chamada Lei da Palmada, rejeitada por mais de 80% da população conforme pesquisas de opinião pública, está para ter uma votação importante na quarta-feira, 30 de maio.
Na última votação, em dezembro de 2011, a bancada evangélica fez um acordo vergonhoso com o governo, que quer a todo o custo transformar em crime o direito dos pais de disciplinar fisicamente os filhos. O projeto, que tem o apoio de Maria do Rosário e de Xuxa, iguala castigo físico dado por pais à violência e agressão que crianças sofrem nas mãos de criminosos.

Maria do Rosário

Contudo, que moral tem Maria do Rosário de remover dos pais seu direito de disciplinar seus filhos? Rosário favorece o aborto legal, que é a pior violência contra uma criança. Qualquer criatura que ocupe cargo de ministro e defenda o genocídio de crianças merece o mais elevado castigo penal. Como no Brasil não dispomos desse castigo, eu pediria ajuda aos leitores do meu blog para comprar para Rosário uma passagem só de ida para a Arábia Saudita.
Rosário também defende a doutrinação homossexual das crianças em escolas, tornando-as reféns de aulas onde o homossexualismo é apresentado, ensinado e louvado como a conduta mais maravilhosa do universo.
Maria do Rosário: crianças podem ser abortadas e doutrinadas no homossexualismo, mas não podem ser corrigidas pelos pais
Rosário vê como heróis os terroristas comunistas que queriam tomar o governo do Brasil e transformá-lo numa ditadura sanguinária no modelo da União Soviética. Os militares brasileiros, os verdadeiros heróis que conseguiram deter os verdadeiros criminosos, são tratados por Rosário como criminosos.
E agora ela quer aplicar sua ideologia terrorista e homossexualista contra os direitos dos pais? Alguém poderia por favor entrar em contato com Rosário para oferecer um passagem só de ida de modo que ela vá defender na Arábia Saudita as mesmas perversões que ela defende no Brasil?

Xuxa

Que moral tem Xuxa de apoiar a mutilação dos direitos dos pais na área da disciplina? Moral ela não tem, mas imoralidade ela tem de sobra. O currículo de Xuxa faz inveja a qualquer gigolô. A coelhinha dos baixinhos não só viveu a pornografia em pessoa, mas induziu uma geração inteira nesse rumo. Agora, além de seu sucesso pornô, exige o sucesso de mutiladora e destruidora dos direitos dos pais.
Vá catar coquinho na Arábia Saudita, Xuxa!
Mesmo sendo aliado de Dilma Rousseff, Magno Malta deixou claro: “Lei da Palmada é uma agressão às famílias”

Magno Malta e presidente da FPE contra a Lei da Palmada

Até mesmo evangélicos aliados do governo de Dilma Rousseff não apoiam a Lei da Palmada. O senador Magno Malta disse: “A Lei da Palmada é uma agressão à família… Sempre provei para população, que família estruturada reflete uma sociedade também estruturada. Filhos tem que ser educados pelos pais. Não podemos interferir na educação e nos bons costumes familiares. É lógico, que sou contra qualquer tipo de violência, mas Deus permitiu as mães corrigirem os filhos com palmadas. Este tipo de correção é também uma forma de amor. É melhor fazer uma criança chorar, do que ter que chorar no futuro”.
Adelor Vieira, ex-presidente da bancada evangélica: Pais têm o direito de usar a varinha da correção
Em 2006, o Dep. Adelor Vieira, presidente na época da bancada evangélica, disse sobre o projeto de Maria do Rosário que criminaliza pais disciplinadores: “se aprovada a referida Lei, o pai ou a mãe que se baseiam em princípios bíblicos para educar seus filhos terão seus valores e métodos de educação invalidados e passarão até a responder por crimes. Corrigir o filho com punição física branda é algo recomendado pela própria Bíblia Sagrada. O livro de Provérbios afirma que o pai que verdadeiramente ama seu filho não deixa de puni-lo com uma varinha”.

Envie seu protesto ao Congresso Nacional

O projeto de criminalização dos pais que disciplinam os filhos será votado na quarta-feira, 30 de maio na Comissão de Constituição e Justiça.


Por isso, faça pressão sobre os deputados.


Telefone ou escreva agora mesmo ao deputado federal do seu estado. Consulte este link para ter o email e telefone dos membros da Comissão de Constituição e Justiça: http://www2.camara.gov.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-permanentes/ccjc/membros
Telefone imediatamente para a Frente Parlamentar Evangélica: (61) 3215-5315Faça contato com todos os membros da Comissão de Constituição e Justiça que quer aprovar o projeto do governo clicando aqui.


Fonte: http://www.juliosevero.com/



Artigos sobre Xuxa:
Artigos sobre Maria do Rosário:

  Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  


VÍDEOS INTELIGENTES:
http://academiaemdebate.blogspot.com

Pátrio poder ameaçado por “lei da palmada”

Pátrio poder ameaçado por “lei da palmada”

Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz
“Acusai-nos de querer abolir a exploração das crianças por seu próprios pais? Confessamos este crime” (Marx e Engels, Manifesto Comunista, Parte II, 1848).
É próprio dos regimes totalitários, como o comunismo e o nazismo, a intervenção do Estado na intimidade da família, subtraindo aos pais o seu inalienável direito-dever de educar os filhos. Segundo tais ideologias, as crianças seriam confinadas em creches ou escolas estatais, enquanto os pais teriam tempo “livre” para trabalhar para o Estado fora do lar.
Estamos sendo governados por um partido que ostenta em sua bandeira a estrela vermelha de cinco pontas, símbolo internacional do comunismo. Não é de se estranhar que ele queira retirar o que ainda resta da autoridade dos pais sobre os filhos.
Coerente com sua ideologia, o governo petista enviou ao Congresso Nacional em 16/07/2010 a Mensagem MSC 409/2010, que “altera a Lei n  8.069, de 13 de julho de 1990, que dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente, para estabelecer o direito da criança e do adolescente de serem educados e cuidados sem o uso de castigos corporais ou de tratamento cruel ou degradante”.
A proposta, que recebeu o nome de Projeto de Lei 7672/2010, deverá ser votada no dia 30 de maio de 2012 pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados. Ela é o 7º item da pauta. O relator é o deputado Alessandro Molon (PT/RJ).
O que pretende o projeto? Que os pais sejam proibidos de matar seus filhos? Isso já é crime previsto pelo Código Penal (art. 121). Que os pais sejam proibidos de causar lesão corporal em seus filhos? Isso também já é crime (art. 129, CP). Que os pais sejam proibidos de abusar dos meios de correção e disciplina? Isso já está incluído na figura penal de “maus tratos” (art. 136, CP).
Que pretende então o projeto? Que os pais sejam proibidos de usar castigos corporais como forma de correção. Castigos corporais abusivos? Não. Qualquer castigo corporal, inclusive uma leve palmada na mão de uma criança que teime em querer colocar o dedo na tomada elétrica. Para os efeitos do PL 7672/2010, entende-se por castigo corporal o mero “uso da força física que resulte em dor”. Não se requer que a dor seja intensa ou insuportável. Basta que a criança sinta dor.
Não é crível que o governo esteja preocupado com a dor das crianças. Se assim fosse, ele não estaria - como está - tão interessado em promover o aborto por todos os meios.
A intenção, como já se disse, é solapar a família, destruindo o pátrio poder e dando ao Estado poder imediato — e não apenas subsidiário — sobre as crianças em processo de educação.
Todo cidadão pode protestar contra essa investida do totalitarismo estatal telefonando gratuitamente para o Disque Câmara (0800 619 619) e dizendo: “Quero enviar uma mensagem a todos os membros da CCJ”.
Interrogado sobre o conteúdo da mensagem, pode-se dizer: “Solicito a Vossa Excelência que respeite o sagrado direito de os pais disciplinarem seus filhos, votando contra o PL 7672/2010”.
Além de gratuito, o Disque Câmara é mais eficiente que as mensagens enviadas por correio eletrônico. Rapidamente se percebe a repercussão da manifestação popular.
Sejamos rápidos. O projeto está para ser votado.
Divulgação: www.juliosevero.com
Atenção: Projeto anti-palmada será votado em 30 de maio

Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  


VÍDEOS INTELIGENTES:
http://academiaemdebate.blogspot.com

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Associação Nacional de Juristas Evangélicos - Presidente: Prof. Dr. Uziel Santana.

Cícero recebe líderes evangélicos para discutir Encontro Nacional de Juristas
Fonte: Ascom
Texto:
O senador paraibano Cícero Lucena (PSDB) recebeu, em Brasília, o presidente da Visão Nacional para a Consciência Cristã (VINACC), Pr. Euder Faber e o presidente Associação Nacional de Juristas Evangélicos, Professor Uziel Santana.

Na audiência foi apresentado ao senador o projeto de lançamento do 1º Encontro Nacional de Juristas Evangélicos, que acontecerá dentro da programação da Consciência Cristã 2013, organizado pela Associação Nacional de Juristas Evangélicos.

O senador Cícero Lucena destacou a importância do Encontro da Consciência Cristã, realizado em Campina Grande, que em 2013 chegará a sua 15ª edição. “É um evento que tem o meu apoio e incentivo, pois já integra o calendário da Paraíba e do Brasil”, enfatizou.

O parlamentar destacou a importância da Associação dos Juristas Evangélicos para contribuir nos debates sobre liberdade de religião no Congresso Nacional.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Prof. Dr. Marcos Eberlin - UNICAMP - Químico - Filosofia da Ciência - Parte I e II - TV Mackenzie - Universidade Presbiteriana Mackenzie

Prof. Dr. Marcos Eberlin - UNICAMP - Químico - Filosofia da Ciência - Parte I e II - TV Mackenzie - Universidade Presbiteriana Mackenzie
http://academiaemdebate.blogspot.com.br/2012/05/blog-post.html

O “casamento” gay é o retorno da moral decadente e pagã da Roma do imperador Nero


O “casamento” gay é o retorno da moral decadente e pagã da Roma do imperador Nero

by O. Braga

"Gay marriage was—surprise! --- alive and well in Rome, celebrated even and especially by select emperors, a spin-off of the general cultural affirmation of Roman homosexuality. Gay marriage was, along with homosexuality, something the first Christians faced as part of the pagan moral darkness of their time.
What Christians are fighting against today, then, is not yet another sexual innovation peculiar to our “enlightened age,” but the return to pre-Christian, pagan sexual morality."
Artigo de leitura imperativa. Quando puder e tiver tempo, farei um comentário mais alongado para as pessoas que não lêem inglês.
O. Braga | Sexta-feira, 25 Maio 2012 at 6:49 am | Tags: casamento | Categorias: ética, cultura, homocepticismo, politicamente correcto | URL: http://wp.me/p2jQx-bH9

 
Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  

O racismo dos negros


O racismo dos negros

by O. Braga

« I believe that blacks will take this Obama victory as a mandate, not to straighten out the mess in their own backyards, but to continue the job of “fixing” white folks. This means stepping up the crusade designed to keep whites in the habit of working to exterminate the “guilt” and “shame” that supposedly taints their hearts and souls. And it will not matter how you label these blacks. You may call them “liberal” or “radical” or even “conservative,” but their quest will be the same. If there is one thing that unites blacks across all politics, religious attachments, and classes, it is the desire to control the attitudes and behavior of whites. »

"In South Africa, the word racist has lost it’s original meaning and now only get’s used to describe a white person doing something a black person doesn’t like."
Nos Estados Unidos de Obama — assim como na África do Sul —, em vez de apaziguar as tensões raciais, a política correcta está a exacerbá-las.
O cidadão branco é considerado racista só porque é branco, a não ser que seja humilhado perante a cultura negra. Se um branco não segue os padrões culturais da negritude, então é racista; mas mesmo que siga esses padrões culturais da negritude, nunca é considerado um cidadão de pleno direito, mas antes é classificado como cidadão inferior ou de segunda classe.
Qualquer reparo feito a um negro é imediatamente classificado de “racista”. Não se pode criticar o mau comportamento de um negro sem ser chamado de “racista”. O negro é senhor de fazer o que lhe der na real gana, e quem o criticar ou contradizer é imediata e logicamente... um racista!.
O. Braga | Sexta-feira, 25 Maio 2012 at 8:43 am | Tags: Racismo | Categorias: A vida custa, cultura, politicamente correcto | URL: http://wp.me/p2jQx-bHk

Comentário   


 
Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  

O Direito Positivo é análogo à geometria pura


O Direito Positivo é análogo à geometria pura

by O. Braga


O Direito Positivo é, hoje, análogo à geometria pura ou geometria não-euclidiana do século XIX: ambos perderam o contacto com a realidade. Tanto o Direito Positivo como a geometria pura têm uma lógica interna que se afastou da verificação empírica. Por exemplo, Helmholtz salientou que os vários sistemas de geometria pura — ao contrário do que acontece com a “geometria física” — estão isentos, em si mesmos, de conteúdo empírico.
Esta análise jurídica de Ivo Cardoso ao “casamento” gay reflecte essa analogia entre o Direito Positivo e a geometria pura: fora da linguagem jurídica, o discurso faz pouco sentido. Tal como a geometria pura, o Direito Positivo passou a ter uma lógica interna que o afasta da realidade objectiva, nomeadamente quando adequa sistematicamente a norma ao facto, e portanto ficamos sem saber muito bem o que funda o Direito.
A análise da seguinte proposição : “o casamento é a aliança entre um homem e uma mulher com a sucessão das gerações”, não pode ser efectivamente realizada pelo Direito Positivo. Não é possível defender esta posição acerca do casamento senão com base na ética e sobretudo na metafísica. O Direito Positivo não nos pode ajudar, porque é o próprio Direito Positivo que está na base da actual dissonância cognitiva do cidadão em relação à realidade. É o próprio Direito Positivo que se transformou no instrumento privilegiado das engenharias sociais.
A geometria pura de Lobachevsky e de Bolyai substituiu o pressuposto euclidiano — segundo o qual pode ser desenhada uma linha paralela passando por um ponto que não pertença a uma dada linha recta — pelo axioma segundo o qual “por um dado ponto há duas linhas paralelas a uma dada linha recta”. A partir deste axioma, Lobachevsky deduziu o teorema segundo o qual “a soma dos ângulos internos de um triângulo é sempre inferior a 180 graus, e decresce à medida em que a área correspondente aumenta”.
Em contraponto, Riemann substituiu o pressuposto euclidiano supracitado pelo axioma segundo o qual “para um ponto não há linhas paralelas a uma dada linha recta”, tendo como consequência o teorema segundo o qual “a soma dos ângulos internos de um triângulo é sempre superior a 180 graus, e aumenta proporcionalmente à área do triângulo”.
O Direito Positivo actual tem algo de muito semelhante com a geometria pura: podemos encontrar axiomas e respectivos teoremas para todos os gostos e feitios, e sem nenhum escoramento na realidade objectiva.

 
Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  


segunda-feira, 21 de maio de 2012

Atenção Diplomatas! Isto tem que acabar. O mundo islâmico reconhece o princípio da reciprocidade, ou vamos ter que tratar o Islamismo da mesma forma que o mundo muçulmano trata o Cristianismo.



Isto tem que acabar!

by O. Braga

Ce manque de reconnaissance « rend difficile la vie de l’Église comme institution ». Un exemple : « Nous ne pouvons ouvrir un compte en banque au nom du diocèse, parce que le diocèse n’existe pas légalement. »
O Estado turco não reconhece a Igreja Católica turca como uma instituição de direito privado. A Igreja Católica turca não pode sequer abrir uma conta bancária em seu nome! Mas o mesmo Estado turco pretende entrar na União Europeia e, por exemplo, François Hollande apoia essa entrada.
Nenhum país da Europa discrimina a religião islâmica, mas a Turquia --- e os países islâmicos em geral --- acham-se no direito de discriminar outras religiões, e principalmente a Igreja Católica. Isto tem que acabar: ou o mundo islâmico reconhece o princípio da reciprocidade, ou vamos ter que tratar o Islamismo na Europa da mesma forma que o mundo muçulmano trata o Cristianismo.
O. Braga | Sábado, 19 Maio 2012 at 12:54 pm | Tags: Turquia | Categorias: Europa, Islamismo | URL: http://wp.me/p2jQx-bB2

Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Ministério Público pretende proibir grandes eventos evangélicos nas ruas para evitar congestionamentos e barulho (Infelizmente, é o imoralismo do "Direito Positivista", naturalista, laicista e prol pederastia e logo logo a imundícia da Ped....)

A realização de grandes eventos evangélicos em vias públicas na cidade de São Paulo se tornou alvo de investigação do Ministério Público Estadual.

O MP abriu inquérito para apurar a investigação de eventos religiosos em vias públicas, com a intenção de limitar grandes encontros religiosos, de acordo com informações do jornal “O Estado de S. Paulo”.
Geralmente, grandes eventos geram interrupções no tráfego, congestionamentos e excesso de ruído, segundo o MP.

Em entrevista concedida ao site Notícias Cristãs, o pastor e doutor Rubens Teixeira declarou que “se o Ministério Público Estadual de São Paulo quiser limitar todos os eventos em vias públicas (religiosos, sindicais, culturais, esportivos, etc), pode ser algo razoável. Contudo, querer impedir apenas eventos evangélicos é uma clara perseguição religiosa contra os brasileiros evangélicos”.

Teixeira afirmou ainda que eventos que constituem direitos secundários estão sendo privilegiados, em relação aos eventos que simbolizam direitos fundamentais: “Boa parte dos grandes eventos que impactam o trânsito em vias públicas são com fins comerciais privados, como corridas automobilísticas e eventos esportivos de um modo geral, além dos musicais, e outros travestidos de razões culturais, não embasados em direitos fundamentais”.

Fonte: Gospel+

Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com/

http://metodologiadoestudo.blogspot.com/

http://direitoreformacional.blogspot.com/

http://biologiareformacional.blogspot.com/

Eminente Sociólogo Ateu Defende o Cristianismo

Eminente Sociólogo Ateu Defende o Cristianismo
http://sociologiareformacional.blogspot.com.br/2012/05/eminente-sociologo-ateu-defende-o.html

Como a Esquerda destrói a sociedade sem deixar impressões digitais

Como a Esquerda destrói a sociedade sem deixar impressões digitais
http://jornalismoreformacional.blogspot.com.br/2012/05/como-esquerda-destroi-sociedade-sem.html

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Tenho o DIREITO de não receber sangue de gays!

Mesmo proibida a discriminação, gays não podem doar sangue
21 de abril de 2012 13h25

Motivado por uma campanha da empresa onde trabalha, em Belo Horizonte, o produtor cultural Danilo França, de 24 anos, decidiu doar sangue pela primeira vez. Junto com um grupo de colegas, seguiu as etapas previstas: preencheu a ficha de inscrição e foi para a entrevista com o médico do hemocentro. Na momento da conversa, França descobriu que não poderia doar sangue porque mantém um relacionamento homossexual. "Fiquei atordoado, sem graça. Fiquei chateado e me senti discriminado", disse.
 
Uma norma nacional considera inapto à doação qualquer homem que tenha se relacionado sexualmente com outro homem no período de 12 meses. O mesmo vale para heterossexuais que, no mesmo período, se relacionaram sexualmente com várias parceiras.
 
Entidades de defesa dos direitos dos homossexuais reclamam da restrição e querem reacender o debate sobre o tema. "A cada fato novo, a gente tem que abrir a discussão. Se a pessoa usa preservativo e não tem comportamento de risco, não pode ser impedida de doar", argumenta Toni Reis, presidente da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT).
A regra do Ministério da Saúde, que vigora há mais de sete anos e vale para todos os hemocentros, foi baseada em estudos internacionais que apontam que o risco de contágio pelo vírus da aids (HIV) é 18 vezes maior nas relações entre homossexuais masculinos, na comparação com relações entre pessoas heterossexuais. O motivo é a prática do sexo anal, que aumenta o risco de contaminação por doenças sexualmente transmissíveis (DST). Foi essa determinação que fez com que a Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia de Minas Gerais (Hemominas) negasse ao produtor cultural a possibilidade de doar sangue.
 
Em junho de 2011, o ministério baixou uma portaria que proíbe os hemocentros de usar a orientação sexual (heterossexualidade, bissexualidade, homossexualidade) como critério para seleção de doadores de sangue. "Não deverá haver, no processo de triagem e coleta de sangue, manifestação de preconceito e discriminação por orientação sexual e identidade de gênero, hábitos de vida, atividade profissional, condição socioeconômica, raça, cor e etnia". Mas, na prática, os homossexuais masculinos ativos sexualmente seguem impedidos de doar sangue. Para as lésbicas, não há restrições.
 
O coordenador de Sangue e Hemoderivados do ministério, Guilherme Genovez, alega que a norma brasileira é avançada quando comparada à legislação de outros países. Nos Estados Unidos, por exemplo, um homem que tenha tido, no mínimo, uma relação sexual com outro homem fica proibido de doar sangue pelo resto da vida. "Acima de tudo, está o direito de um paciente receber sangue seguro", alega o coordenador, lembrando que os testes não identificam imediatamente a presença de vírus em uma bolsa de sangue.
 
Desde o ano passado, o governo federal está implantando o NAT, sigla em inglês para teste de ácido nucleico, para tornar mais segura a análise do sangue colhido pelos hemocentros. O exame reduz a chamada janela imunológica, que é o período de tempo entre a contaminação e a detecção da doença por testes laboratoriais. Com o NAT, o intervalo de detecção do vírus HIV cai de 21 para dez dias. Até agora, 59% do sangue doado no país passam pelo NAT. A previsão é que a tecnologia chegue a todos os hemocentros até julho.
Agência Brasil - http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5732186-EI306,00-Mesmo+proibida+a+discriminacao+gays+nao+podem+doar+sangue.html

 
Divulgação:

http://cultura-calvinista.blogspot.com/

http://metodologiadoestudo.blogspot.com

http://direitoreformacional.blogspot.com

http://biologiareformacional.blogspot.com  

Prof. Dr. Marcos Eberlin rebate carta assinada por Francisco Salzano, Sergio Pena et al para o presidente da Academia Brasileira de Ciências

Prof. Dr. Marcos Eberlin rebate carta assinada por Francisco Salzano, Sergio Pena et al para o presidente da Academia Brasileira de Ciências
http://metodologiadoestudo.blogspot.com.br/2012/05/prof-dr-marcos-eberlin-rebate-carta.html

O Brasil inventou uma nova raça: os “pardos”

O Brasil inventou uma nova raça: os “pardos”
http://cultura-calvinista.blogspot.com.br/2012/05/o-brasil-inventou-uma-nova-raca-os.html

Quem tem medo do escritor antiesquerdista?

Quem tem medo do escritor antiesquerdista?

Julio Severo
Andrew Breitbart, um escritor judeu-americano, incomodava muita gente importante. Ele escrevia contra o inchamento do Estado. Ele denunciava a intrusão estatal em todas as esferas da sociedade. Enfim, ele denunciava o esquerdismo.
Andrew Breitbart
Quem é que não se lembra do escândalo da ACORN em 2009? A ACORN, a imensa organização “assistencialista” esquerdista que foi uma importante base para a primeira eleição de Obama, foi desmascarada por uma séria de vídeos que mostraram suas ligações com prostituição de meninas menores de idade e conexões com o aborto, inclusive o desvio criminoso de mais de 1 milhão de dólares de verbas do governo federal. Quem fez os vídeos foi um jovem investigador pró-vida. Quem fez a divulgação em massa dos vídeos, levando o escândalo a todo o público americano, foi Breitbart.
Ele não era perfeito, é claro. Como Reinaldo Azevedo, colunista da revista Veja que defende união civil gay e adoção de crianças por duplas gays (mas é conservador em outras áreas), Breitbart era conservador em muitas áreas, porém fazia algumas concessões ao gayzismo.
Em 1 de março de 2012, Breitbart morreu, aos 43 anos. Na noite anterior, Jerome Corsi, jornalista do WND, havia arranjado para Breitbart entrevistar Joe Arpaio, o famoso xerife do Arizona que vem investigando os fatos estranhos com relação à certidão de nascimento de Barack Obama, especialmente falsificação. Se Obama não nasceu nos EUA, pela lei ele jamais poderia ser presidente dos EUA.
A entrevista nunca pôde ser feita, porque Breitbart morreu no dia seguinte.
Meios de comunicação conservadores levantaram a suspeita de que ele pudesse ter sido assassinado.
As autoridades, pois, tiveram de fazer um exame médico legal para apurar se ele morrera ou não de causas naturais.
O resultado do exame foi divulgado em 20 de abril. De acordo com o relatório, a morte de Breitbart foi normal. Não houve assassinato algum. Ponto final.
Não havia razão para duvidar da informação, pois o relatório foi elaborado pelo próprio Instituto Médico Legal de Los Angeles.
Mas então, logo depois de divulgar o relatório, o Dr. Michael Cormier, um respeitado técnico forense do Instituto Médico Legal de Los Angeles, morreu sob circunstâncias suspeitas. Coincidência ou não, ele morreu em 20 de abril, no mesmo dia em que o IML finalmente revelou que Breitbart morreu de “causas naturais”.
Sobre a morte de Cormier, Elizabeth Espinosa, jornalista KTLA-TV, disse: “Há circunstâncias misteriosas envolvendo a morte dele. Fomos informados de que detetives estão examinando para ver a possibilidade de que ele foi envenenado por arsênico”.
Coisas misteriosas acontecem quando atacamos o esquerdismo.
No meu caso, o WND revelou em julho de 2011 que meu blog estava sob monitoração do governo dos EUA. Como sempre, alguns duvidaram de que o governo dos EUA pudesse estar fazendo tal coisa, embora o WND seja uma fonte confiável.
Desde então, meu blog já recebeu visitas do Ministério de Segurança Nacional dos EUA e da sede do Comando de Sistemas de Informações do Exército dos Estados Unidos.
De fato, coisas misteriosas acontecem quando atacamos o esquerdismo.